Oficina de Animação de Rua

Oficina de Animação de Rua (Teatro de rua, clown, improviso, malabarismo e equilíbrios)


Com esta oficina pretende-se ensinar a manipular objectos como bolas, massas, diabolos e outros objectos volantes ligados às artes circenses, equilíbrios como locomoção em andas, técnicas de improviso e teatro de rua e técnica clown.
Serão construídas bolas de malabarismo, massas com jornais e andas. O formando será convidado a explorar o espaço que o rodeia e aproveitá-lo para a sua performance.

O objectivo final é criar um grupo de animação de rua utilizando as várias técnicas aprendidas.

Condições

  • PERIODICIDADE

    Semanal

    Segunda-feira | 17H00 – 19H00

  • REQUISITOS

    > 10 anos

    Mínimo de Participantes: 6
    (Sem este mínimo de inscrições a Oficina não inicia a sua atividade)

    Máximo de Participantes: Lotação do Espaço

    É necessário cada formando deve vir com roupa e calçado prático, por exemplo fato de treino e sapatilhas. Material para construir as bolas de malabarismo, como alpista, balões e celofame e para as andas madeiras, colas, parafusos, berbequim e brocas, serrotes.

 

  • VALOR MENSAL POR PESSOA

    20,00€


Formador

Ângelo Castanheira – Formador / Teatro

Ângelo Castanheira, depois de ter andado pelas engenharias descobre o teatro em 1999 a partir de uma formação com Victor Valente e sobre a direcção deste tem feito inúmeros espectáculos na Companhia do Jogo, o ultimo em 2016, “Perdição – Exercicios sobre a Antígona” peça de Hélia

Correia. A partir daí não mais parou e foi fazendo a sua formação através de vários workshops, nomeadamente com Living Theatre, mas principalmente através da experiência do Teatro de Rua com a Companhia Kopinxas, estrutura que trabalha o cómico e o improviso aliado às técnicas circenses, nesta companhia encontra-se neste momento a criar um espectáculo apoiado pela Oliva Creative Factory de São João da Madeira.

A partir de 2010 dá formação nas AEC, em várias eventos como “Encontros de Circo” e estruturas como a Secção Cultural da LAAC onde fundou e dirige o Grupo de Teatro da LAAC que tem 3 grupos de etários em funcionamento. Desde 2015 integra a equipa de formação do Projecto Grito, projecto de formação artística promovido pela Câmara Municipal do Porto que envolve 16 escolas e que resulta num espectáculo colectivo com cerca de 400 crianças.

Aprender algo novo é sempre divertido. Mas aprender algo relacionado com Arte é sempre maravilhoso!

 A Arte torna a nossa vida maior!

Galeria de Fotografias